Protestos

limpar nome sujo com protesto

títulos protestados, Notas e cheques

Os cheques e as notas promissórias (documento que tem aparência de cheque, mas não é de banco, firmado entre devedor e credor) são títulos que podem ser protestados. Nesse caso, quando recebe o protesto, o cartório envia uma carta para a pessoa, informando que ela tem 48 horas para regularizar sua dívida.

Se o consumidor não paga, o cartório pode solicitar à Serasa ou ao SCPC que inclua seu nome no cadastro de inadimplentes. O primeiro passo nesse caso é ir até o cartório para consultar quem registrou o protesto. Depois, deve-se procurar a pessoa (credor) ou a empresa que está com o cheque ou a nota promissória e pagar a dívida com ela. Feito isso, junto com o credor, deve ser preparado um recibo do pagamento. Ele é a garantia de que a dívida foi paga. Nele deve constar a data em que foi paga a dívida, seu valor, o número do cheque (se for o caso), nome, RG, CPF e assinatura do credor.

Com o recibo e o cheque ou a nota promissória em mãos, o consumidor deve ir até o cartório e pagar uma taxa (que é proporcional a sua dívida) para retirar o protesto. O cartório tem cinco dias úteis para informar o SCPC ou a Serasa, pedindo a retirada do nome da lista de inadimplentes.

No caso de Titulos Protestados temos que primeiramente providenciar a certidão negativa do Cartório que venha a protestar , com isso localizamos o credor , mas mesmo não havendo a localização do mesmo , podemos solicitar a baixa através do Processo ou Depósito em consignatório que seria o valor do Titulo em protesto , após pagamento encaminhamos ao Cartório para baixa definitiva , sendo assim resolvido a questão.

Clique para informações e orçamentos